ESTUDAR INGLÊS NO EXTERIOR

PUBLICIDADE

Estudar inglês no exterior é algo que muitos alunos sonham. Afinal, além de adquirir conhecimentos da língua inglesa, a experiência permite maior contato com a cultura do país, agregando momentos incríveis à vida pessoal.

Ao mesmo tempo que obtém fluência em um segundo idioma, quem faz intercâmbio pode vivenciar o conteúdo aprendido, lidando com diversas situações no dia a dia. Isso permite maior absorção e aquisição das estruturas, melhora na conversação e amplia as formas de se expressar. A seguir, vamos listar outras vantagens de estudar inglês fora do Brasil.

estudar inglês no exterior

FALE INGLÊS COM MAIS FACILIDADE

Muitas pessoas afirmam ter fluência em inglês, mas nem sempre isso corresponde à realidade. Nos cursos tradicionais, o tempo de exposição é muito baixo. Por mais que um aluno aprenda gramática e vocabulário, ele tem poucas oportunidades de conversação por semana. O mesmo não ocorre ao estudar inglês no exterior, já que obrigatoriamente o aluno precisa se comunicar em restaurantes, no metrô e demais momentos do dia.

ESTUDAR INGLÊS NO EXTERIOR PARA ENTENDER EXPRESSÕES IDIOMÁTICAS E GÍRIAS

Alguns aspectos da língua são compreendidos na prática ou de acordo com a exposição. Lidando com nativos todos os dias, o aluno pode assimilar construções do cotidiano e novas formas de se expressar. Estudar inglês envolve todos os aspectos da comunicação, inclusive gírias e sentenças informais.

MELHORE A PRONÚNCIA DAS PALAVRAS

Ao estudar inglês fora do Brasil, a todo instante o aluno poderá ouvir a pronúncia correta das palavras, escutar a entonação adequada e se acostumar com o ritmo das frases. O aprendizado não está limitado à sala de aula, ele está presente também no supermercado, nas horas de lazer, no parque ou no aeroporto. Sempre há oportunidades de estar próximo de um nativo e quem sabe fazer novas amizades.

PUBLICIDADE

TENHA UM CURRÍCULO DIFERENCIADO

Como dissemos anteriormente, qualquer pessoa pode escrever “inglês avançado” no currículo, mas poucas realmente podem provar o nível de língua inglesa. Para o entrevistador, saber que o candidato possui vivência em outro país mostra que ele provavelmente tem bom domínio do idioma. A empresa pode até mesmo fazer uma entrevista específica para comprovar os conhecimentos. Quem já passou por diversas situações de conversação ao estudar inglês tem mais chances de aprovação.

TRABALHE ENQUANTO ESTUDA INGLÊS NO EXTERIOR

Uma maneira de reduzir os custos do intercâmbio e adquirir experiência é fazer um estágio ou trabalhar nas horas vagas. As agências especializadas conseguem indicar trabalhos para quem tem interesse em estudar inglês no exterior. A boa notícia é que a remuneração é em dólar, euro e outras moedas valorizadas em relação ao real. O contrato é feito conforme as regras de cada país, de forma legal e transparente. O ponto positivo é que a carga horária não influencia nos estudos porque são cargos de meio período.

Agora que você sabe mais sobre o assunto, que tal preparar as malas e viajar para aprender a língua inglesa na prática? Tenha certeza de que será uma viagem única, com vários benefícios além de apenas estudar inglês.

PUBLICIDADE


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *